sábado, 19 de julho de 2014

Espasmo hipnico


Hoje senti uma dor,
latejava por dentro...
E a lembraça de uma recordação aflorou os sentidos,
entorpecendo as acções.

Era como quem revê,
como quem quase esquece,
como se ao adormecer uma abismo de fronte se deparasse
e um súbito estremecer nos separasse da queda.

Ardia,
queimava
e fulminava...

Sem comentários: